Monday, August 28, 2006

Decepção

Deu na coluna Retratos da Vida do jornal Extra, que Edson Celulari faz questão de tratamento diferenciado nos intervalos das gravações externas de Páginas da Vida. Enquanto a maioria almoça no bandejão montado pela produção, entre uma cena e outra, o ator tem um camareiro particular que providencia talheres de prata, taça de cristal e pratos diferenciados. Não me parece que essa seja a atitude correta para quem se diz budista.

6 comments:

Diana said...

Bom dia.....

E será isso totalmente verdade?
Bjs....

Vera Fróes said...

Di, todos os sites ontem só comentavam isso. Tem pessoas que se deixam deslumbrar pelo dinheiro...

ajornalistabh said...

kkkkk
pode ser fofoca, mas..
eu não sabia que ele era budista, ´daí virou piada
beijos!

Cristiani-no said...

nossa...nem sei o q dizer.... pra mim uma atitude errada..mas....o dinheiro e fama tem dessas coisas..bjs

Enoisa said...

Se for verdade a história, é só mais um que não vivencia sua religião. Dom Hélder Câmara dizia que religião é prá ser vivida e não representada. Bonito, né? Bjs!

Vera Fróes said...

Emoisa, Dom Helder era um sábio.